,

Asilo holandês oferece moradia universitária em troca de prestação de serviço aos idosos

loading...

A Holanda é famosa por seus moinhos de vento, campos de tulipas e por ter a capital Amsterdã como um dos pontos turísticos mais interessantes e frequentados do mundo.

O que não falta lá também é gente criativa, como os administradores de um lar de idosos chamado Humanitas, que uniram o útil ao agradável, oferecendo moradia gratuita a estudantes universitários desde que estes realizem atividades e façam companhia aos idosos.

Os estudantes devem servir refeições, dar aulas e trabalhar nas festinhas comunitárias do asilo, o que dá cerca de 30 horas de trabalho por mês. Um dos alunos, inclusive, ofereceu aulas de grafite aos idosos ao ar livre, proporcionando novos conhecimentos e diversões.

Gosta desta página -->

Gosta da nossa página no Facebook


Loading...

O projeto surgiu devido a reclamações de alunos em relação a barulho e infraestrutura das moradias estudantis. No momento, existem 6 jovens e 160 idosos no lar Humanitas.

A ideia tem dado certo e é muito bem vista pela administração local, pois diminui o risco de problemas de saúde relacionados a depressão e isolamento social nos velhinhos. “Os jovens trazem o mundo de dentro para fora”, conta um dos administradores.

Além de toda a praticidade do projeto, a energia dos mais jovens em contato com a experiência dos mais velhos só pode render bons frutos para ambos.

Pode parecer que quem ganha mais nessa troca são os idosos, mas os estudantes também têm a oportunidade de conhecer histórias de quem tem muito para contar e tornar seu período na faculdade muito mais rico e interessante. “Há muito calor humano no contato,” finaliza um dos administradores do Humanitas.